O que é o Ponto de Equilíbrio

Administrar o próprio negócio é uma tarefa bastante difícil para qualquer empreendedor. Muitas são as variáveis que precisam ser cuidadas. Muitos empreendedores desconhecem qual é o nível de vendas ideal para manter o empreendimento em equilíbrio, ou seja, sem que o resultado mensal seja prejuízo. Este é o ponto de equilíbrio, despesas e receitas se igualam.

Qual a função do ponto de equilíbrio

Se você conhece o ponto de equilíbrio de seu negócio você consegue prever e tomar atitudes que lhe possibilitarão manter sua empresa lucrativa e saudável. Antes de tudo é necessário conhecer o custo fixo, ou seja, aquele que não se altera na medida que  não acontece a vendas. Os custos fixos acontecem sem que a venda exista, por exemplo luz, água, aluguel entre outros.

O próximo passo é detalhar os custos variáveis, ou seja,aqueles que mudam com as vendas. O custo variável é formado pelos gastos associados diretamente ao volume de vendas, por exemplo frete, embalagens etc.

Quanto Faturar para Equilibrar seu Negócio e Prosperar

Agora é a vez de calcular a margem de contribuição, que é a diferença entre o valor das vedas e os custos variáveis. O termo “margem de contribuição” tem o mesmo significado de “ganho bruto” sobre as vendas. Isso significa para o empresário o quanto sobra das vendas para que a empresa possa pagar as despesas fixas e gerar lucro.

A margem de contribuição traz uma informação muito importante para a tomada de decisão de uma empresa. Permite avaliar o quanto cada produto vendido contribui para pagar os custos operacionais da empresa.

Se quer ver um exemplo mais prático sobre o assunto busque em nossa seçao de vídeos. Se mesmo assim tiver dúvidas, cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos restritos exclusivos.