Como o Marketing do Crowdfunding mal utilizado detona vencedor do MasterChef Brasil e Bel Pesce

A estratégia do crowdfunding também conhecido como “vaquinha online” passou a ser uma ferramenta de divulgação de projetos. Fato que explica a opção de Bel Pesce e seus sócios pelo crowdfunding. O caso da hamburgueria Zebeléo criou muitas revelações e também a reflexão, como o Marketing do Crowdfunding mal utilizado detona vencedor do MasterChef Brasil e Bel Pesce.

A empreendedora Bel Pesce, conhecida por ser a “menina do Vale do Silício”, Zé Soares, do blog “Do Pão ao Caviar”, e vencedor da terceira edição do MasterChef Brasil, Leo Young, lançaram um Crowdfunding (financiamento coletivo) para criar uma hamburgueria chamada Zebeléo. O trio utilizou a plataforma de crowdfunding Kickante para conseguir uma arrecadação coletiva de R$200.000 em dois meses.

Porque o público doa?

Pesquisa realizada pelo Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social apontou que o brasileiro prefere doar para projetos direcionados a crianças e idosos. Metade dos entrevistados disse doar por se solidarizar com os mais necessitados. No caso do Zebeléo as pessoas começaram a se questionar “Por que vou doar para pessoas que  têm um patrimônio bem maior que o meu, para abrirem uma hamburgueria e lucrarem muito com ela?”

A Recompensa

É comum em projetos de crowdfunding  oferecer algum brinde em troca. É importante que seja algo de valor. Não é algo caro pois a conta do crowdfunding precisa fechar. Algo que enriqueça a vida do doador.

As recompesas da Zebeléo eram as seguintes: Se você doar R$ 120 para causa ganha um adesivo, um chaveiro, um passaporte com carimbo especial, um combo hamburguer + fritas + refri + sobremesa. Além de ser recepcionado pelos sócios no restaurante. Se doasse R$ 250, ganharia tudo isso mais uma camiseta autografada e um boné.

 A terceira temporada do MasterChef Brasil rendeu ao Léo R$ 150 mil, um carro e uma bolsa de estudos na prestigiada escola Le Cordon Bleu, em Paris. Muitos se perguntavam porque ajudá-lo a abrir a própria empresa (sem ser sócio e sem ganhar qualquer participação dos futuros lucros do restaurante).

Todos os fatores acima desencadearam uma revolta entre os internautas. Revolta esta que os fez desistirem do crowdfunding no dia seguinte ao lançamento. E o pior de tudo, questionar a credibilidade dos mesmos como empreendedores. Após este episódio Bel Pesce vem passando por uma série de investigações que alegam que ela é uma farsa. Não tem a formação nem o background que ostentava.