A crise e o marketing para sua empresa. Você acredita que eles tem algo em comum? O cenário econômico atual apresenta grande desafio para as empresas. Muitos especialistas acreditam que a crise que vivemos será longa, podendo até piorar.

E independentemente do que o futuro nos reserva, o fato é que as empresas querem se manter no mercado. É necessário conquistar novos clientes e fechar negócios.

Cortar custos neste momento delicado pode ser uma boa saída para a crise, mas estes cortes precisam ser bem cuidadosos. Algumas empresas acabam diminuindo o investimento em marketing.

Marketing é custo ou investimento?

Alguns empresários entendem as ações de marketing como “despesa”, ou “custo” que serve apenas para simplesmente agradar os clientes promover a marca, sem ligação com um retorno direto.

O grande erro nesta visão é que o marketing não é um custo, mas sim um investimento. Investimento este capaz de gerar resultados imediatos e também no longo prazo para os negócios.

Dentre os objetivos de qualquer ação de marketing está o de gerar vendas através da conquista e fidelização dos clientes. O que possibilita a manutenção e o crescimento da empresa tanto no curto, no médio como longo prazo.

No entanto, o marketing deve ser estratégico, com objetivos claros e formas que permitam a mensuração de todos os resultados. Cada ação deve ser vinculada a um retorno claro para a empresa, de forma que esse investimento destaque a empresa frente a outras que tratam o marketing apenas como despesa.

Se você busca uma detalhamento maior de como utilizar o marketing a favor de sua empresa e ainda, otimizar seu investimento clique aqui.